Buscar

Já ouviu falar em proteção de marca?

Esses dias estava fazendo a ronda e me deparei com um conteúdo no Olhar Digital falando que a construção da marca começava pelo logo.



Confesso, que achei bem interessante o conteúdo no primeiro momento, pois realmente, o logo é muito importante e dá todo o significado da marca e como ela atuará.


Entretanto, alguns dias depois de ler o conteúdo estive em uma reunião e houve a apresentação de uma parceria com uma empresa de proteção de marca.


E na hora minha percepção sobre o logo como primeiro item de uma marca caiu por terra.


Você deve estar se perguntando porque isso aconteceu.


Quando a advogada explicava as implicações de ter uma marca desprotegida e como a busca do naming no INPI é essencial antes de iniciar o projeto eu vi que o que o primeiro passo para iniciar a marca é ver se o nome está disponível para registro.


Mas, Wilian, o que tem a ver uma coisa com a outra?


Se você criar uma marca com o mesmo nome de outra, você pode ser processado e perder tudo e estou falando de dinheiro também, pois o faturamento que você teve pode ser repassado ao detentor do nome.


"Mas eu já tenho minha empresa e não registrei o nome


Então faça isso agora mesmo e não corra o risco de perder ela.


Se você vai abrir a empresa, primeiro pesquise o nome, registre e só assim construa a identidade dela.